News

Radix está entre as 10 Melhores Empresas para se Trabalhar no Brasil em 2019

Pesquisa realizada pelo Great Place to Work premiou 150 empresas.

Melhoresempresasradixgptw2019

Depois de ter sido eleita a segunda Melhor Empresa para Trabalhar em 2019, no Rio de Janeiro, a Radix também se destacou no ranking nacional do Great Place To Work, conquistando a 9ª colocação na lista das Melhores Empresas para se Trabalhar no Brasil, na categoria médias empresas nacionais. A premiação aconteceu na noite de ontem, 12 de agosto, em São Paulo. Elaborado pela consultoria Great Place To Work em parceria com a Época Negócios, o ranking contemplou as 150 melhores empresas, divididas entre 80 grandes, 35 médias nacionais e 35 médias multinacionais. 

Desde a sua fundação, a Radix sempre participou da premiação e manteve presença constante na lista das Melhores Empresas para Trabalhar. O CEO da Radix, João Chachamovitz, comemora o desempenho da empresa de tecnologia. “Fazer parte deste grupo seleto mostra que estamos no caminho certo. Somos uma empresa que tem as pessoas como um de seus pilares e este resultado mostra a consistência do nosso trabalho e o quanto nossos colaboradores percebem valor nisto”, afirma.

Para ajudar a equilibrar a rotina de trabalho, a Radix oferece uma série de atividades na empresa, que vão desde encontros para debater novas tecnologias, os meet ups, hackathons, eventos de confraternização com pipoca e pizza, futebol e muito mais.

Mostrando que está adaptada às tendências do novo RH, no qual a área participa do planejamento estratégico das empresas e as pessoas são mais importantes do que os processos adotados, a Radix reformulou recentemente seu RH. A área passou a se chamar "Pessoas & Cultura".  A mudança teve como objetivo reforçar a busca por resultados sustentáveis, viabilizando um ambiente único de desenvolvimento profissional e pessoal. “Pessoas são mais que recursos. Estamos incrementando atividades que incentivam o desenvolvimento dos colaboradores e fortalecem a identidade da empresa. Neste contexto, o nome "Recursos Humanos" não é mais suficiente para dar conta desses desafios. O ponto central é e sempre será a pessoa, e isso está ligado ao aumento da produtividade”, explica a gerente de Pessoas & Cultura, Ana Cláudia Freire.

A postura transparente que a Radix adota em toda a cadeia do processo produtivo, desde a contratação de fornecedores às relações profissionais e com os clientes, é outro fator de destaque. A empresa faz parte de um seleto grupo de 25 companhias reconhecidas como íntegras nas relações entre setores público e privado. O programa Empresa Pró-Ética é uma iniciativa do MTFC e do Instituto Ethos.